Com esta lata, não vamos voltar a confundir a nossa cerveja com a dos outros

🕒 Tempo de Leitura | 1 min

Não há dúvidas: a necessidade faz mesmo o engenho. Todos nós estamos, certamente, familiarizados com um dos dramas dos jantares de grupo. Quanto mais gente, mais bebidas alcoólicas e, quanto mais bebidas alcoólicas, maior a probabilidade de pegarmos em copos / latas / garrafas alheios, ou de serem os outros a fazê-lo connosco. Três estudantes da Universidade de Jiangnan, na China, inventaram algo que pode ser uma boa solução para isto. Em miúdos, nas festas de aniversário, escreviam-se os nomes de cada um nos copos de plástico. A ideia da “My Can” é idêntica, mas mais elaborada. O segredo está numa nova anilha, que se prolonga até à borda da lata e pode, depois, deslizar pela mesma, ao longo de todas as letras do alfabeto, gravadas na lata. Como é óbvio, no meio de tanta gente, há-de haver alguém que tenha um nome que começa pela mesma letra que o nosso. Mas, pelo menos, isto reduz as probabilidades de a coisa correr mal. A “My Can” ficou em terceiro lugar nos K-Design Awards.