Casa Cor-de-Rosa: uma obra humana no meio da obra natural que é São Miguel

🕒 Tempo de Leitura | 1 min

Abram alas, uma vez mais, ao brilhantismo da arquitectura portuguesa. Vá, meio portuguesa, meio italiana – não podemos omitir essa parte. Apresentamo-vos a “Pink House”, um projecto do Mezzo Atelier, formado por Joana Oliveira e Giacomo Mezzadri. Já lá vão uns bons anos desde que lá estivemos, mas os Açores continuam no topo da nossa lista de lugares mais magníficos do mundo, no que ao contacto com a natureza diz respeito. Ora, os tons rosa e ocre envelhecidos fazem parte da identidade e tradição arquitectónica da Fajã de Baixo, uma freguesia de Ponta Delgada, em São Miguel. A história da Casa Cor-de-Rosa resume-se muito facilmente: um estábulo do início do séc. XX transformou-se em duas guest houses, perfeitas para uma escapadinha de turismo rural. Além da beleza da atmosfera micaelense que rodeia o edifício, a sensação de tranquilidade e aconchego também se encontra no interior da “Pink House”, onde o branco e o cinza contrastam com os apontamentos em cedro, pinheiro e acácia. Claro que vai ser difícil ficar muito tempo lá dentro, quando até espaço dedicado a uma fogueira há no exterior…

Quando passarem por São Miguel, já sabem, é reservar aqui.

Fotografias | Fernando Guerra