A casa de sonho em frente ao Passeio Marítimo de Oeiras

🕒 Tempo de Leitura | 1 min e 30 seg

Basta estarmos atentos às notícias que saem todas as semanas, para percebermos que Portugal está a tornar-se cada vez mais um destino de sonho. Assim como basta estarem atentos à nossa rubrica semanal de arquitectura para perceberem que só escolhemos casas de sonho (atenção, não confundir sonho com luxo). Ora, uma casa de sonho tem também muito que ver com a sua localização. É por essa razão que continuamos a apostar em divulgar projectos feitos por cá. A casa da Praia da Torre é mais um exemplo disso. Vamos a mais um passeio arquitectónico? Este é feito num sítio próprio para tal: o Passeio Marítimo de Oeiras.

A Avenida Marginal é a única coisa que separa esta bela residência do mar da Praia da Torre. Ainda assim, essa separação é atenuada pelos enormes janelões da fachada virada ao mar. Com uma estrutura contemporânea em L, o projecto do arquitecto brasileiro Sidney Quintela + Arquitectos Associados vai buscar boa parte da sua elegância e sofisticação aos painéis formados por duas pedras tradicionais portuguesas – mármore de Estremoz branca e mármore ruivina preta -, que são visíveis tanto no exterior, como no interior. Depois, temos um contributo especial vindo de Bali, Indonésia, com a utilização de hijau, uma pedra de origem vulcânica, como revestimento da piscina de borda infinita. De facto, faz lembrar um pouco aquelas piscinas dos resorts de Bali que nos chegam pelo Instagram. O mesmo acontece com aquela varanda em madeira de frente para o mar, ou o próprio pátio rico em vegetação. Bom, fazemos assim, mergulho na praia de manhã, e na piscina à tarde. Parece-vos bem?

Fotografias | Fernando Guerra