Preservar o vinho que sobrou? Esta solução está a fazer sucesso!

🕒 Tempo de Leitura | 1 min

Amantes do vinho, rejubilem! Sabem aquela última garrafa que se abre já no “tempo de descontos” da noite e que acaba quase sempre por ficar a meio? Aquela que vai parar à bancada da cozinha durante uma semana, na esperança de ainda vir a ser bebida, mas o destino é sempre o mesmo: pelo cano abaixo. o designer Tom Cotton teve a brilhante ideia de criar um decantador com uma válvula (patenteada) que obstrui por completo a passagem do oxigénio. Design é isto. Encontrar soluções para problemas que parecem impossíveis de resolver.

Para além de ser bonito e sofisticado, o decantador “Eto” é do mais útil que pode haver. Não é por acaso que o objectivo do crowdfunding era de “apenas” 55 mil libras e, a oito dias do final, já vai com 434 mil libras amealhadas. Ao parar o processo de oxidação, este artefacto de génio preserva a qualidade e o sabor do vinho durante semanas, evitando que o vinho se transforme em vinho acre. Como funciona? Simples. Quando abrirem uma nova garrafa, vertam todo o vinho para o decantador, sirvam-se até que vos apeteça e, se ficar aquele restinho que é demasiado para beber e demasiado para deitar fora, empurrem a válvula até que esta chegue ao nível do vinho, e tapem. Et Voilà!!

Uma coisa vos digo: assim que a produção comece, vou imediatamente encomendar um (pelo menos!) lá para casa! Mais info do projecto aqui.