Uma prancha de surf feita com 10 mil beatas de cigarros

🕒 Tempo de Leitura | 1 min e 20 seg

A boa criatividade tem sempre um espaço aqui no BR. Ainda para mais quando envolve temas que nos dizem alguma coisa, como o mar e o ambiente. Na Califórnia, o concurso “Creators and Innovators Upcycle Contest”, promovido pela marca Vissla e pela associação Surfrider Foundation, desafiava surfistas a criarem algo através do lixo encontrado nas praias e oceanos. O vencedor, Taylor Lane, inventou uma prancha de surf feita com mais de 10 mil beatas de cigarro. Não é impressionante?

Taylor Lane precisou de mais de 200 horas de trabalho para conseguir o resultado que desejava. As mais de 10 mil beatas foram recolhidas pelo próprio nas praias e no mar do norte da Califórnia. A prancha foi baptizada de “The Roach Tail”. Trata-se de uma 5’1 twin-fin, com cerca de 8 kg, cujo core é totalmente feito de beatas de cigarros, que são visíveis no deck, na parte inferior e até nas próprias quilhas. Embora se trate de um material sujo (para não dizer nojento), a prancha ficou bastante cool e chama, de facto, a atenção. Para além de vencer o concurso, Taylor Lane lançou uma campanha no Kickstarter, com o intuito de angariar 20 mil dólares para produzir um documentário com o “making of” da prancha, e para sensibilizar as pessoas relativamente à poluição das praias e dos oceanos.