“Casa Varatojo”, em Torres Vedras: cortiça, uma antiga linha de comboio e piscina interior

🕒 Tempo de Leitura | 1 min e 20 seg

Depois de termos criado o hashtag #oPortugalincrivel, começamos seriamente a pensar em testar um #arquitecturaportuguesaincrivel, ou algo do género. Acham que pegava? Bom material não nos vai faltar, com toda a certeza. Esta “Casa Varatojo” ia direitinha para os feeds de Instagram dos home lovers por esse mundo fora. Foi desenhada e construída para uma família que queria estar relativamente próxima da cidade (Lisboa) e, ao mesmo tempo, poder desfrutar do sossego (e da paisagem) de um cenário menos urbano. Não conhecemos essa família, mas estamos em total sintonia com essa ideia.

A “Casa Varatojo” não fica na cidade das 7 colinas, mas tira partido de uma belíssima colina em Terras Vedras. O brilhantismo do projecto, da autoria da Atelier Data, começa logo pela utilização diversificada de materiais na construção – para além do cimento, temos a madeira reutilizada de sulipas (antigas linhas de comboio) a servir de vedação, e a tão portuguesa cortiça a revestir o rodapé da estrutura. Isto tudo aliado a uma pintura em cobre, com aquele aspecto “sujo” propositado. Ao atravessar a porta de entrada, há muito por onde nos perdermos. Começamos, talvez, pela sala de estar, com vista panorâmica para o maravilhoso Vale do Tejo. O mesmo podemos dizer da piscina interior, que parece tirada de um filme. Pena que não temos fotos da sala de cinema, do ginásio ou da garagem…

Fotos | Richard John Seymour