Austin-Healey, de 1958, bordado a ouro vai a leilão

🕒 Tempo de Leitura | 1 min e 20 seg

Ora aí está uma das coisas mais bonitas que vimos nos últimos tempos (e, felizmente, têm sido muitas). Este Austin-Healey 1000-Six, apelidado de “Goldie” resultou de uma conversa num pub, com uns pints pelo meio. Os protagonistas da conversa foram Ken Gregory, o assessor de imprensa da Healey, e Basil Cardew, jornalista de automobilismo do Daily Express. Isto foi em 1958. O Daily Express queria organizar um concurso durante o Salão Automóvel de Londres desse ano. Adivinhem qual era o prémio do concurso… exacto!

O “Goldie” foi construído em segredo, para ser oferecido ao vencedor do dito concurso. O Daily Express caprichou a sério. O carro foi pintado num tom marfim, e todas as peças exteriores em metal (jantes, pára-choques, grelha frontal, limpa pára-brisas, espelhos, etc) foram revestidas com 24 quilates de ouro. O interior também é qualquer coisa de indescritível… O ouro volta a aparecer no painel de instrumentos, puxadores das portas, enquanto os assentos e painéis laterais foram trabalhados em pele. Depois de oferecido no concurso, foi despachado por míseras 4 mil libras e esteve desaparecido até aos anos 80, altura em que foi encontrado por um entusiasta da Healey, que o restaurou.

Agora, vai ser leiloado pela Sotheby’s, no dia 6 de Dezembro. Fiquem atentos. E preparem, no mínimo, 550,000 dólares, cerca de 470,000€.