“Shoal Tent”: vem aí o campismo aquático!

🕒 Tempo de Leitura | 1 min e 30 seg

Cerca de 70% da superfície da Terra está coberta de água. Mas é nos outros 30% que nós escolhemos sempre acampar. Ou… será mais apropriado dizer “escolhíamos”? A SmithFly acaba de inventar aquela que diz ser a primeira tenda flutuante do mundo. Imaginem uma jangada com uma tenda por cima, basicamente. Parece um conceito simples, mas, pelos vistos, ninguém se tinha lembrado dele antes.

Uma coisa é acampar à beira mar, rio ou lago. Outra coisa, completamente diferente, é acampar NO mar, NO rio ou NO lago. Esta “Shoal Tent” transporta (literalmente) o campismo para um outro nível. Esqueçam lá as estacas, os buracos na terra, a poeirada, as pedras e o excesso de vizinha. Quem é que não quer acordar, correr o zipper de cima abaixo e começar logo o dia com um valente mergulho? O mecanismo da coisa é simples. Uma base insuflável (que acaba por servir de colchão e oferecer conforto durante o sono), que recorre a três câmaras de ar, e uma tenda com um tecido resistente, à prova-de-água, e um total de 8 zippers.

O ponto mais alto da tenda tem quase 2 metros, ou seja, um indivíduo “normal” consegue vestir-se lá facilmente, mesmo estando em pé. A “Shoal Tent” tem um formato quadrado, com 2,4 metros de cada lado, e espaço para 3 ou 4 pessoas à vontade. Toda a estrutura pesa cerca de 34 kg. E o Natal aí à espreita…

Agarrem-na aqui.